domingo, 14 de junho de 2015

ANANINDEUA – Um fantasma assombra a prefeitura

Manoel Pioneiro, prefeito de Ananindeua: um fantasma no secretariado.
Victor Orengel Dias: mirando nas eleições de 2016.

Fervoroso adepto do populismo obreiro, cujos dividendos eleitorais potencializa com um massivo estelionato publicitário, o prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro (PSDB), parece disposto a inovar em matéria de prestidigitação política. Segundo denúncias feitas ao Blog do Barata, ele teria criado a inusitada figura do secretário fantasma, que usufrui do status político conferido pelo cargo, sem a este se dedicar como deveria, terceirizando responsabilidades intransferíveis. O secretário fantasma seria o jovem Victor Orengel Dias, que atualmente acumula a Semad, a Secretaria Municipal de Administração, esta interinamente, e a Segef, a Secretaria Municipal de Gestão Fazendária, embolsando mensalmente, pelo acúmulo de cargos, R$ 16 mil, embora acusado de priorizar sua candidatura a vereador nas eleições municipais de 2016, em detrimento de suas responsabilidades. Victor Orengel Dias é filho de André Teixeira Dias, conselheiro do TCE, o Tribunal de Contas do Estado do Pará, um ex-deputado estadual pelo PSDB, legenda de Manoel Pioneiro, o prefeito de Ananindeua. Como deputado, André Teixeira Dias se notabilizou como um parlamentar de atuação opaca, mas incondicionalmente servil em relação à tucanalha, a banda podre do PSDB, da qual é expoente o governador Simão Jatene. Com a nomeação de Victor Orengel Dias como secretário municipal, Pioneiro obviamente pavimenta um acesso privilegiado ao TCE, via André Teixeira Dias, apostando no corporativismo que medra com vigor entre os conselheiros.

Um típico mauricinho, criado com os privilégios próprios dos filhos da classe média alta, o que inclui o gosto pelo ócio, Victor exibe uma trajetória de impecável irrelevância. Até aportar em Ananindeua, como secretário municipal, o que ele de mais expressivo fez foi ter sido assessor especial do governador Simão Jatene, engrossando o contingente de beneficiários de sinecuras, na melhor tradição patrimonialista. Inicialmente abrigado na Semad, onde agora encontra-se interinamente, posteriormente Victor migrou para a Segef. Os relatos feitos ao Blog do Barata descrevem Victor como um secretário voltado para seu projeto político, alheio às responsabilidades dos cargos que acumula, valendo-se de prepostos para tocar a rotina administrativa tanto na Semad como na Segef. “O secretário pouco vai às secretárias, e frequentemente só aparece já por volta de meia-dia, ou uma e meia da tarde, quando se encerra o expediente”, afirma uma fonte da própria Prefeitura de Ananindeua, protegida pelo anonimato, para poupar-se de retaliações. Essa mesma fonte relata que na Semad, quem efetiva toca a secretaria é Carlos Amilcar. Na Segef, acrescenta, quem pontifica é a advogada Nicole Andrade Erichsen, originária do TJ do Pará, o Tribunal de Justiça do Estado, formalmente cedida à Semad e apontada como fiel escudeira de Victor. “Ela é quem assume as atribuições que seriam do secretário e resolve os problemas que caberiam a ele solucionar”, conta a fonte. Para a Seger, Victor Orengel Dias levou também João Gabriel Aguila, diretor-geral, e Raphael Maia Lobato Franco, diretor administrativo, ambos também integrantes da entourage que o acompanha desde que assumiu a Semad.

8 comentários :

Anônimo disse...

Virou moda este golpe de filhos de conselheiros de contas disputarem cargos eletivos. A estratégia é simples, mas imoral. Pressionar prefeitos que estão com contas irregulares. Pela aprovação das contas os prefeitos fazem de tudo para eleger o filho do conselheiro.Já deu frutos em eleições passadas e com certeza continuará dando, a não ser que seja dado um basta pelos órgãos fiscalizadores.Uma pouca vergonha de Conselheiros em promiscuidade com prefeitos.

Anônimo disse...

Já é imoral o cara como filho de conselheiro do TCE ser secretário municipal, avalia ser candidato com apoio do prefeito e do pai.O Pará está dominado pelas benesses entre instituições fiscalizadoras e as que deviam fiscalizar. Um verdadeiro estrupo ao cidadão paraense com beneplácito imoral destes órgãos já bastante desmoralizados.

Anônimo disse...

Como se elegeu o filho de Zeca Araujo, ex-presidente do TCM, e ainda conselheiro? Facilmente vereador de Belém e depois deputado estadual. O garoto se elegeu deputado tendo numerosos votos em municípios onde nunca lá esteve como Bom Jesus do Tocantins, e outros. É uma nova corrente política,no Pará: FILHOS DE CONSELHEIROS.

Jesiel Nascimento disse...

Ananindeua bagunçada como sempre... Vou compartilhar no meu Face... Vamos divulgar essas pilantragens com o Erário Público.

Anônimo disse...

Potencializar = Aumentar, reforçar os efeitos sobre algo.

O verbo foi muito bem empregado no início do texto da postagem. As pessoas que não se dão ao trabalho de ver e raciocinar sobre a relação entre a propagando do PSDB e as obras do PSDB, essas já embarcaram no golpe do estelionato eleitoral.

Manoel Pioneiro chega as raias do ridículo na propaganda que faz da administração municipal de Ananindeua. Foi prefeito duas vezes e está no terceiro mandato, pagando rios de dinheiro para a TV anunciar a pintura de algumas unidades municipais.

Enquanto isso, no programa do Jô, a jornalista Cristina Serra chamou Ananindeua de 'a cidade sem esgoto', completando com um gesto de abanar o nariz.

Anônimo disse...

17:42 Você está certo, mas me deixa acrescentar algo: a estratégia vai muito além da chantagem de prefeitos do interior. O poder vem sendo concentrado nas mãos dessas famílias, que colocam os filhos em cargos eletivos unicamente para barganhar mais benesses do governo. Estou esperando o Lúcio Flávio ou o Barata fazerem um diagrama de todos os cargos ocupados por familiares dos poderosos, seja através de eleição, ou nomeação para cargo em comissão, cargos vitalícios, cargos com título e remuneração de nível superior ocupados por gente que mal completou o ensino médio, contratações eleitoreiras temporárias que podem virar efetivas, etc.

Simão Jatene e atucanalha avacalharam geral toda uma expectativa da sociedade de conquistar melhoria de vida através da dedicação aos estudos, ao concurso público, ao ingresso em carreiras públicas. Essa coisa que começou depois da constituição de 1988 e que gerou todo um segmento de editoração de livros e apostilas, de cursinhos preparatórios para concursos públicos e sites de referências e banco de dados na internet; essa coisa bonita que animou senhoras de mais de 50 anos a voltarem a estudar para conquistar um emprego estável, tudo isso corre sério risco de extinção pelas mãos dessa turma que dá apoio ao governo.

Não bastasse o cinismo de não chamarem os aprovados em concurso alegando falta de recursos, para a seguir encher a casa de temporários janelados; não bastasse a imoralidade de dezenas de milhares de contratações sem nenhum tipo de seleção - só a compra de voto; não bastasse os cargos de nível superior preenchidos por quem só sabe fazer o 'ó' se sentar nú num prato de trigo; não bastasse a imoralidade do nepotismo cruzado entre executivo, legislativo, judiciário e Ministério Público - os famosos 'jabutis na árvore' como bem classificou o Barata; agora sujaram, emporcalharam de vez a esperança do cidadão comum, depois que alguns concursos trouxeram na lista de aprovados apenas os parentes dos chefes do Tribunal de Contas dos Municípios.

Estamos voltando aos anos 70, onde tudo era na base da peixada política, graças a ingenuidade dos que acreditam e votam em Simão Jatene e Zeraldo Coutinho.



VIVA CIDADÃO disse...

Visto como um dos conselheiros políticos do prefeito pioneiro,em ser candidato a prefeito 2016,“Politicamente não tenho pena do povo porque aceita tudo isso calado"Diz um antigo provérbio: censuram quem se mantém calado; censuram quem fala muito; censuram quem fala pouco, neste mundo ninguém está livre de censuras.

Anônimo disse...

ISSO SÃO TROCAS DE FAVORES, O PIONEIRO NOMEOU SECRETARIO FILHO DE UM CONSELHEIRO DO TCE PARA EMPREGAR SEU CUNHADINHO NO TCE QUE NUNCA TRABALHOU, SÓ NA BARBIXA DO CUNHADINHO COM ALTO SALARIO, SALARIO DE MARAJÁ. SERÁ SE ESSE CARGO TAMBÉM SERÁ VITALICIO COMO O DO CONSELHEIRO TAMBÉM PARA O CUNHADINHO DO POLITICO TABUA DE PIRULITO.