terça-feira, 27 de setembro de 2016

CORONEL NEIL – Candidato, deputado usa um PM da Alepa como segurança da esposa e para coagir desafetos

Coronel Neil: flagrado usando PM da Alepa como segurança da esposa
e para coagir desafetos, na esteira da disputa pela herança do sogro.
Marcela Arrais (à esq., com Marcus Arrais), cujo funcionário foi alvo da
truculência da PM, a serviço dos interesses pessoais do coronel Neil.

Candidato à Prefeitura de Ananindeua pelo PSD, o deputado estadual Neil Duarte de Sousa, o coronel PM Neil, é, decididamente, um personagem controvertido, para dizer o mínimo. Juntamente com o governador Simão Jatene (PSDB), ele é réu em uma ação por improbidade administrativa, ajuizada pelo Ministério Público Estadual, por possíveis irregularidades nas promoções de oficiais e praças da Polícia Militar do Pará, e também figura como ilustre personagem de um imbróglio que escancara a escandalosa utilização de PMs lotados no Gabinete Militar da Alepa, a Assembleia Legislativa do Pará, em flagrante desvio de função. Segundo denúncia do promotor de Justiça Militar Armando Brasil, o sargento Varley Botelho dos Santos e soldado Caio de Menezes Belo, da Polícia Militar, são acusados de falsificação de documentos e prevaricação, a serviço do deputado, beneficiado pelo foro privilegiado. Mais que isso, a denúncia revela que um PM lotado no Gabinete Militar da Alepa é utilizado como segurança para a esposa do coronel Neil, Danielle Arrais de Sousa, e também para coagir eventuais desafetos do parlamentar e sua mulher, com a criminosa cumplicidade de colegas de corporação. O episódio escancara ainda o aspecto mais perverso do desvio de função na PM, que não só priva a população de policiais que deveriam estar nas ruas garantindo a segurança pública, além de colocar a instituição a reboque de conveniências escusas.

O estopim do escândalo em cujo epicentro figura o coronel Neil, candidato a prefeito de Ananindeua, foi a disputa pelo espólio de Marcus Arrais, proprietário da empresa Marcus V. Arrais Representações Limitadas, pai da mulher do deputado, Isa Danielle Arrais de Sousa. O contencioso envolve Marcela Santana Arrais, que foi casada por cinco anos com Marcus Arrais, falecido a 3 de outubro de 2015 e que deixou a viúva como legítima sócia da empresa Marcus V. Arrais Representações Limitadas. Em relato ao Ministério Público Estadual, Marcela Santana Arrais desabafou que se sente perseguida pela mais velha das enteadas, Isa Danielle Arrais de Sousa, e pelo marido desta, coronel Neil Duarte de Sousa, que é também deputado estadual, desde que iniciou sua relação com Marcus Arrais, do qual é viúva. De acordo com a denúncia, Marcela Santana Arrais chegou a ser advertida por alguns amigos, cujos nomes evitou declinar por receio de represálias, que deveria tomar cuidado, diante de eventuais retaliações do coronel Neil.

3 comentários :

Glenda Felinto disse...

Cuidado que tudo que vc posta deverá provar querido!

Anônimo disse...

17:05,não é o blogueiro quem terá que provar o que está postado, é o coronel da PM e candidato a prefeito de Ananindeua, Neil Duarte, quem terá que provar sua inocência. O blogueiro, você goste ou não, Glenda Felinto, apenas cumpriu com seu dever de informar. Leia abaixo os dados da ação que o blogueiro está noticiando e recomendo que acesses o sitio do TJPA e faças a consulta que, aliás, é pública.


Nº unificado CNJ 0251288-50.2016.8.14.0301
Instância 1º GRAU
Comarca BELÉM
Situação EM ANDAMENTO
Área CÍVEL
Data da Distribuição 05/05/2016
Vara / Câmara 4ª VARA DA FAZENDA DE BELÉM
Gabinete GABINETE DA 4ª VARA DA FAZENDA DE BELÉM
Secretaria SECRETARIA DA 4ª VARA DA FAZENDA DE BELÉM
Magistrado KATIA PARENTE SENA
Relator KATIA PARENTE SENA
Competência FAZENDA PÚBLICA
Classe Ação Civil de Improbidade Administrativa
Assunto Violação aos Princípios Administrativos
Instituição
Número do Inquérito Policial
Valor da Causa R$ 1,000.00
Data da Autuação 09/05/2016
Segredo de Justiça NÃO
Volumes 0
Número de Páginas 0
Prioridade SIM
Gratuidade NÃO
Fundamentação Legal

Partes
ANA GABRIELLE FARIAS ARRAIS GODINHO REU
ARMANDO BRASIL TEIXEIRA PROMOTOR
CAIO DE MENEZES BELO REU
ISA DANIELLE ARRAIS DE SOUSA REU
MANUELLE FARIAS ARRAIS REU
MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO PARA AUTOR
NEIL DUARTE DE SOUSA REU

Anônimo disse...

O ativo Blogueiro apenas informa (e com presteza), visto que as provas pedidas pela defensora do ilustre candidato Neil, estão no processo, movido com rigor e justeza, pela Procuradoria Militar.