segunda-feira, 20 de abril de 2015

FUTEBOL – A saudável rivalidade do RexPa

video


Ninguém, em sã consciência, por mais apaixonado que possa ser, desconhece que, individualmente, o Paysandu tem, hoje, um time superior ao do arquirrival Remo. Por isso, certamente, os remistas continuem saboreando a classificação do Leão Azul para a decisão da Copa Verde, obtida diante do adversário histórico, em circunstâncias atípicas, por conta do imponderável que alimenta a paixão pelo futebol. Trata-se de uma euforia ilustrada pelo vídeo acima, que circula na internet desde domingo, com a gozação azulina pelo fracasso daquele que era apontado como o favorito no clássico que faz pulsar com intensidade a paixão despertada por Remo e Paysandu. Um bom exemplo de como a paixão do torcedor pode ficar circunscrita aos limites toleráveis da gozação ao adversário, condimento que turbina a paixão clubística.

A edição do vídeo faz rir os remistas e, no máximo, deixar levemente abespinhados os bicolores, até porque a zoação, no universo do chamado esporte bretão, é rua de mão dupla. E está a uma distância abissal de despertar a intolerância, a porta de entrada da truculência, que nenhuma paixão futebolística justifica.

Nenhum comentário :