domingo, 23 de fevereiro de 2014

SEMOB – Uma tramóia altamente rentável

        A internauta ouvida pelo Blog do Barata fundamenta a denúncia de que o radar instalada na avenida Júlio Cesar, próximo da Semob, possa ter sido desregulado deliberadamente. “O referido equipamento foi instalado há apenas dois meses e está dando um lucro absurdo, pois o radar é de uma empresa particular, que ganha um percentual sobre as multas aplicadas”, sublinha a internauta.

        A mesma fonte sublinha, sobre o radar desregulado, instalado há dois meses na avenida Júlio César, próximo da Semob, contabilizou, em apenas 60 dias, 80 mil multas, cujos valores vão de um mínimo de R$ 85,13 a um máximo de R$ 574,62. “Utilizando-se o menor valor das multas, isto é, R$ 85,13, multiplicado por 80 mil multas, chega-se ao faturamento de R$ 6.810.400,00, apenas com o radar instalado na avenida Júlio César”, acentua a fonte do Blog do Barata. Para os gatunos do erário, a tentação soa quase irresistível.

14 comentários :

Anônimo disse...

Estes que são multados estão com sorte, se o Brasil fosse um País sério este pessoal a muito não estariam dirigindo. Nos outros Paises eles já teriam sido convidados a justificarem em juizo estas infrações.

Anônimo disse...

O anônimo das 08:34 parece que mora na europa. Estamos na terra onde os governos só pensam em tirar $$$$$$$ do contribuinte, mas não dão nada em troca. Tudo bem que se multe os maus motoristas, agora multar apenas para arrecadar é roubo. Vai ver que esse anônimo é puxa saco do prefeito e da Maíza Tobias ou dono de uma das araras que está faturando em cima dos trouxas.

Anônimo disse...

Barata,
Vou comprar umas araras e montar um sistema de monitoramento e alugar para a Prefeitura de Belém. Assim, será fácil ganhar dinheiro. Aluguel de arara? Haverá um negocio melhor do que esse para se ganhar dinheiro facilmente, sem menor esforço, só infernizando a vida dos motoristas?
Lógico que terei uns sócios dentro da SEMOB para que se faça vista grossa.

Anônimo disse...

Qual o objetivo pedagógico dessas "araras?" nenhum. Esses radares, realmente só tem um objetivo: multa$$$$$. Se fosse para reduzir acidentes, não seriam colocados ali onde não se tem registros de acidentes. Se é para educar, coloca o radar, mas, sinaliza informando que tem radar, tem câmera para flagrar avanço de sinal, mas não, assim, os excesos de veloccidade vão acontecer. é preciso educar, e a educação perpassa pela sinalização clara, objetiva, chamando atenção. Retirem o radar e coloquem passarela é mais seguro. Será que tais radares estão aferidos com precisão? Será que não tem "infração" repicada? Srª Maísa, trânsito não é transporte em especial transporte como é a realidade da Holanda, do Canadá. Faça juz à pedagogia a qual vocÇe faz parte como professora. Extinga a malfadada e combatida como foi pelo candidato Zenaldo "industria de multas".

Anônimo disse...

Barata,
Se em apenas dois meses essa arara da Júlio César faturou toda essa grana, imagina quanto todas vão faturar. Lógico, nós, os OTÁRIOS, pagamos as mordomias deles, os ESPERTOS. Quanta saudade da Critina Badini.
Essa Maíza Tobias não entende de trânsito, e sim de economia, pois é boa em arrecadação.

Anônimo disse...

Ei Anônimo das 08:34, vai comprar um carro, para de andar de ônibus, ai vem falar de multa ok?

Anônimo disse...

Barata, a coisa esta séria. Este radar me multou 2 vezes no mesmo dia no intervalo de (pasme) 2 minutos. no mesmo lugar, nem se eu estivesse de helicoptero. Cade o ministério publico?
Alan

Anônimo disse...

Galera, observem a data da infração e a data da POSTAGEM nos correios. Entre essas duas datas não pode ultrapassar os 30 dias, sendo a multa postada após os 30 dias da infração ILEGAL, tornando o órgão q emitiu INFRATOR. Favor observar a RESOLUÇÃO 404 do CONTRAN, art. 3°.

Anônimo disse...

No meu caso todas as multas foram postadas após o prazo de 30 dias

zadiel disse...

em um mes peguei duas na julio cesar com o canal da são joaquim. vou recorrer e peço pra que todos façam o mesmo.

Ricardo disse...

Idependente de qualquer acusação de legalidade das multas do Radar da Júlio Cesar, vejo que o nosso prefeito agiu de má fé, pois colocou este radar bem próximo a descida do viaduto e não o colocou do lado esquerdo como acontece com a maioria dos radares em belém. Isso é uma pegadinha para que todos ou a maioria dos motoristas passem pela via sem perceber a presença radar, isto sem contar, que o mesmo, se prevaleceu do fato, de não ser mais obrigatório a colocação de aviso nos radares. Então virou um ciclo vicioso de multas na júlio cesar e sem contestação, pois através desta artimanha conseguiu multar muitos motoristas que passam naquele local, eu peguei 04 multas por conta da pegadinha do prefeito.

Ricardo disse...

Amigos,
Quero deixar registrado que esse radar da Júlio Cesar é uma pegadinha da prefeitura, pois trataram de colocá-lo logo após a descida do viaduto que os vaículos tendem a descer com mais velocidade e bem diferente dos radares em toda Belém que são posicionados do lado esquerdo da via, eles acharam de colocar do lado direito da Júlio Cesar, isto exartamente para pegar despercebidos a maioria dos motoristas que transitam naquela via todos os dias, eu já peguei 04 múltas no mesmo local, detalhe, direção do mesmo bloquete com velocidadede entre 63km e 72 km medido por este radar. Porque depois de 16 anos de carteira, agora sou notificado com quatro multas extamente no mesmo ponto? Só pode ser pegadinha, arapuca Etc.. pois até se prevalecer do fato de não ser obrigatório placas indicando radares a prefeitura de Belém não hesitou.
Vou pagar as multas, mas fica minha indignação com a instituição dessa fábrica de multa legalizada, que foi implantada na Av Júlio Cesar em Belém do Pará.

Anônimo disse...

No meu caso, peguei 02 multas na mesma velocidade 70km - os tais 7km que vai para 63km , so muda hora e data, mais me parece a mesma multa, ou eu fui muito artista para conseguir passar com a mesma velocidade, o pior que na segunda eu passei abaixo dos 60km, nunca peguei multa de arara, e agora peguei 02 e ainda com a mesma velocidade!!! ABSURDO

Anônimo disse...

Sinceramente, essa questão do trânsito parece que não será resolvida tão cedo. Temos inúmeros problemas, como semáforos danificados, vias sem sinalização vertical e horizontal, carros estacionados em cima das calçadas, oficinas mecânicas instaladas em plena calçada (quem quiser que use o meio-fio para andar), enfim...tantos problemas e a SEMOB NÃO FAZ NADA!!! E não vamos longe! Por trás do prédio da Prefeitura os flanelinhas (marginais disfarçados de pobres coitados, trabalhadores) estão se apropriando dos ESPAÇOS PÚBLICOS. Ali, embora existam vagas demarcadas pela própria Administração Municipal, os flanelinhas, que se dizem DONOS DA ÁREA, impedem que as pessoas estacionem por ali. Quem quiser, tem que pagar (geralmente em torno de R$10,00 por turno, para estacionar na rua, entre a praça e o prédio da Prefeitura. Ali existem câmeras e até agentes da SEMOB, porém estes nada fazem por se sentirem ameaçados pelos tais flanelinhas. Pode uma coisa dessas? Isso caracteriza CRIME DE AMEAÇA, DE CONSTRANGIMENTO ILEGAL, dentre outros. Quem não concorda em pagar, tem seu veículo furtado, avariado etc. ONDE ESTÁ O PREFEITO? Cadê o nosso direito de ir, vir e de permanecer nos espaços PÚBLICOS? Como se não bastasse, o que rola ali é muito TRÁFICO DE DROGAS entre os próprios flanelinhas...!!! Sem dúvida, algo VERGONHOSO para Belém!!!